Encontro de Mulheres Indígenas no Mato Grosso

Oportunidade de crescimento pessoal de mulheres indígenas

O Encontro de Mulheres indígenas, organizado pela Missão Indígena Uniedas, MIU, aconteceu na aldeia Nova Esperança, do povo Pareci, MT, de 4 a 7 de julho. Foram dias de comunhão, marcados por louvores, ensino da Palavra de Deus, grupos de oração, rodas de conversa sobre a dinâmica da mulher cristã nos dias atuais e suas implicações, grupos de estudos com mulheres casadas, jovens solteiras e crianças, dinâmicas e brincadeiras que descontraíram as mulheres, entrega de lembranças e brindes, músicas e danças tradicionais das etnias, expressando seu agradecimento a Deus. Nosso muito obrigado ao grupo de homens pelo apoio total no preparo das refeições e suporte, para que as mulheres tivessem seu tempo exclusivo dentro da programação preprada especialmente para elas. Com representantes dos estados de MS, RO, MT e suas etnias, Terena, Pareci, Zoró, Gavião, Nangorete, elas enfrentaram os dias com ventos muito fortes e frio, mas tudo superado pela vontade e desejo de servir o Reino. "Buscai-me e vivei" - Amós 5.4b, foi o tema trabalhado pela palestrante: "buscar a Deus é ter um relacionamento com Ele e fazer aquilo que Ele ama e assim, buscar sempre viver na sombra do Altíssimo". Louvamos a Deus por todos que dedicaram esse tempo de suas vidas nesse ministério. Que todos os esforços somados se traduzam em bênçãos na vida daqueles que participaram. Agradecemos aos parceiros de caminhada pelo apoio, ao pr. Jonas Reginaldo, vice presidente da MIU, que conduziu a caravana do MS e ao pr. Mário Ribamar e sua esposa Tânia, coordenadores da região Norte, pelo empenho com as igrejas. Nossa gratidão a Deus pela igreja local, liderada pelo pr. Izaque Pareci, pela condução dos trabalhos e recepção das caravanas, por todo suporte e empenho de dias de trabalho preparando o local e convites para as aldeias da região, para que este encontro fosse realizado. Porque Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas, Glória ao nosso Deus! – relato de Rute Poquiviqui, líder indígena dos Encontros de Mulheres Indígenas da MIU.

A Missão Emanuel apoiou financeiramente o encontro, além de doar Bíblias de Estudo para mulheres Pareci, Zoró, Gavião e Negarote que falam sua língua tradicional e também falam e leem Português. As Bíblias poderão auxiliar melhor seu grupo de mulheres.

"Aí sim, você clamará ao Senhor, e ele responderá; você gritará por socorro, e ele dirá: Aqui estou. "Se você eliminar do seu meio o jugo opressor, o dedo acusador e a falsidade do falar; se com renúncia própria você beneficiar os famintos e satisfizer o anseio dos aflitos, então a sua luz despontará nas trevas, e a sua noite será como o meio-dia. O Senhor o guiará constantemente; satisfará os seus desejos numa terra ressequida pelo sol e fortalecerá os seus ossos. Você será como um jardim bem regado, como uma fonte cujas águas nunca faltam."

Isaías 58:9-11